sábado, 27 de junho de 2009

Almerinda 2 - Cachorra Diamante







Michael Jackson, o mito, a verdade e os factos estranhos...O médico que desaparece...O que não pode vir à tona??

Como seria Michael Jackson?
"Los Angeles (EUA), 27 jun (EFE).- A Polícia de Los Angeles procura o médico Conrad Murray, uma das principais testemunhas da morte de Michael Jackson e cujo depoimento deve ajudar a esclarecer o ocorrido no falecimento do cantor.Murray, médico pessoal de Jackson, está desaparecido desde o falecimento do "rei do pop", cuja autópsia, realizada na sexta-feira, não esclareceu as causas da morte.O médico falou com a Polícia de Los Angeles na própria quinta-feira, data da morte, mas está em paradeiro desconhecido desde então, e agora as autoridades querem entrar em contato com ele mais uma vez.Uma porta-voz da Polícia disse ontem que o carro do médico foi rebocado da residência de Michael, "porque poderia conter medicamentos ou outras evidências que podem ajudar na investigação". O site "TMZ" divulgou a gravação da ligação de emergência feita da casa de Michael para solicitar uma ambulância.No telefonema, um homem dizia, apressado, que o cantor não respirava nem estava consciente, e que seu médico pessoal esteve o tempo todo esteve a seu lado, em alusão a Murray."Ele precisa de ajuda, não respira, tentamos reanimá-lo, mas não responde", disse uma pessoa não identificada na residência de Michael. Jackson, quem acrescentou:"Temos aqui um médico pessoal junto a ele, mas ele não responde a nada, nem à reanimação cardiopulmonar", afirmou o homem.Antes do início da autópsia, membros da família Jackson tinham assegurado que o cantor recebeu "uma grande dose de morfina" pouco antes de sua morte, segundo o "TMZ".Murray, que poderia ter aplicado essa injeção em Michael, enviou recentemente uma carta a seus pacientes na qual anunciava que deixaria de tratá-los indefinidamente, de acordo com o "TMZ"."Estou muito triste por deixá-los neste ponto, mas por favor saibam que minha ausência não é permanente", disse o médico na carta. EFE"Extraido do site do Yahoo.
Morreu Michael Jackson. Mais um mito que deixou de estar entre nós mas que só se engrandeceu nesse momento de extrema crise em todos os níveis menos o financeiro. A estrela se esgotou, fez tudo o que podia fazer na sua vida, viveu os 50 anos bem intensos, teve tudo. Agora existem muitos podres que estam bem trancados a sete chaves que até nem é de bom tom divulgar nesse momento que todo o mundo está de luto. A estrela foi-se apagando pouco a pouco com as suas excentricidades aberrantes e foi se auto-destruindo fisicamente, por opção pessoal em alguns casos. O único luto verdadeiro é o da música POP e ponto final.